Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Etnologia Indígena

 

Em torno de 3500 peças, oriundas de 50 povos indígenas diferentes, compõem o acervo da Unidade de Etnologia: armas, ornamentos, máscaras, bancos, instrumentos de trabalho, utensílios associados aos afazeres domésticos, brinquedos, etc. A maior parte das peças foram coletadas durante os anos 50 e 60, mas desde 2006 a unidade vem incorporando novos acervos seja através de doações, como as duas grandes coleções de peças xinguanas “Eduardo Canó” e “Maria Ignes Cruz Mello”, seja por meio de pesquisas, como a realizada por Josué Carvalho Kanhgág entre os Kaingang. A Unidade de Etnologia tem a responsabilidade de organizar e guardar adequadamente as peças para garantir sua preservação, assim como promover pesquisas e sistematizar as informações relativas a elas. Essas ações sustentam as diversas atividades que a Unidade realiza em colaboração com o resto das equipes do MAE e que garantem o acesso do público às coleções: exposições; elaboração de produtos de caráter pedagógico para o tratamento da questão indígena nas escolas; catálogos sobre as diferentes coleções do acervo; organização de eventos em torno da interface entre Etnologia indígena e museus, etc. Nos últimos anos, a unidade vem trabalhando numa perspectiva de curadoria compartilhada, realizando algumas ações (exposições, publicações, formação de coleções) junto com representantes dos povos indígenas do Paraná.

A responsável pela unidade é a antropóloga Ma. Gabriela de Carvalho Freire.